Menu Principal > Testemunhos



Atriz italiana curada de Tumor Cerebral, em Medjugorje!
Postado em 24/01/2017, às 17:24:06
 
“Não sei o que me aconteceu, mas, a partir daquele momento, comecei a ter uma alegria intensa!”

Paola Toeschi, atriz e esposa de Dodi Battaglia, guitarrista da banda Pooh, conta sobre a sua doença e a sua experiência de cura, em Medjugorje.

Do buraco negro da doença à esperança da cura encontrada, também, graças à fé e a uma visita a Medjugorje. É a história de Paola Toeschi Battaglia, 45 anos, italiana, atriz e esposa de Dodi Battaglia, guitarrista da banda Pooh. Ela conta a sua história de “quase conversão” em um livro recém-lançado, pela editora PIEMME, com o título “Mais forte do que o Mal”.

Anos de atividade e sucesso no mundo do cinema e da publicidade, o casamento com Dodi, o nascimento de Sofia e, de repente, a doença.

“Era outubro de 2010. Até à noite, eu estava bem, mas, na manhã seguinte, a crise e o diagnóstico: tumor no cérebro. Meu mundo caiu sobre mim.”

Paola se submete a intervenções cirúrgicas e enfrenta ciclos de radioterapia: “Pensava na minha filha, que era pequena e ficaria sozinha; perguntava-me o porquê de ter acontecido comigo. Eu não tinha fé, ou melhor, tinha uma fé superficial. Num dia, após uma cirurgia, li o livro de um psiquiatra francês, David Servan-Schreibr, que aconselhava a oração como instrumento terapêutico: estabiliza a sua respiração, ajuda-lhe a tranquilizar.”

“E foi aquilo que eu fiz, de maneira banal, ajudava-me a ficar melhor. Depois, pedi ajuda dos Santos. Pensava que os santos eram importantes e já tivessem bastante trabalho. Rezava a Don Domenico Masi, fundador da escola católica, frequentada pela minha filha.”

E Dodi, o marido, apresentou-a a um amigo que esteve em Medjugorje e estava organizando uma peregrinação. “Fui pela primeira vez em junho de 2013, e não sei o que me aconteceu. Sei apenas que, daquele momento, comecei a sentir uma alegria imensa. Aquele local me transmitiu uma energia enorme. Comecei a rezar, a agradecer a Nossa Senhora pelo presente que me tinha dado. Agradeci pela doença porque, se não fosse por ela, não teria podido ter esta experiência.”

“Estou totalmente curada sob o ponto de vista espiritual, mudou a minha mentalidade, já não tenho mais nenhum medo”. Em Medjugorje Paola retorna duas vezes ao ano.

“Espero poder contar aos meus conhecidos esta minha aventura maravilhosa."

 

Matéria original: https://fermenticattolicivivi.wordpress.com/tag/guarigione/

 
 

Artigo Visto: 3146 - Impresso: 12 - Enviado: 0

ATENÇÃO! Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão desde que sempre sejam citados a fonte www.medjugorjeurgente.com.br